Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Tupa – Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno

Área do conteúdo

Sobre o Teatro Universitário

Histórico do Tupa

A história do Paschoal começa em 1964, quando a Universidade Federal do Ceará adquire o antigo Teatro Santa Maria (pertencente ao Ginásio Santa Maria), que foi reformado para abrigar o Curso de Arte Dramática (CAD) – criado em 1960 e dirigido por B. de Paiva, que é uma das maiores referências do teatro e da administração cultural no País. Porém, o Teatro Universitário foi  inaugurado em 26 de junho de 1965, com a estreia da peça “O Demônio Familiar”, de José de Alencar, sob direção de B. de Paiva, com elenco integrado por Elizabeth Gurgel, Zilma Duarte, José Maria Lima, Walden Luiz, Maria Nilva, Adelaide Araújo, Edilson Soares e João Antônio Campos.

A partir de então, o Teatro da UFC – também conhecido na década de 60 como Teatro de Bolso –, sedia inúmeras temporadas não somente de encenações oriundas do CAD, mas também de grupos locais, nacionais e até estrangeiros. Durante décadas o CAD foi o principal curso de formação de atores do estado do Ceará, acolhendo várias gerações de artistas. Mesmo tendo passado por algumas reformas curriculares, o CAD foi um curso de extensão de longa duração, além de ter sido reconhecido pelo Ministério da Educação e pelas instâncias do Ministério do Trabalho como apto a formar atores.

Foi apenas em 29 de agosto de 1980 que o espaço ganhou o nome que permanece até hoje: Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno. O Tupa, como é carinhosamente apelidado, continuou a sediar o CAD até 2009, fechando um ciclo e iniciando outro. Com a aula-espetáculo “No Ato”, de Ricardo Guilherme, em 18 de fevereiro de 2010, começaram as atividades do Curso Superior em Artes Cênicas da UFC.

Sobre o Paschoal

O Tupa – Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno é um espaço destinado a difusão da arte e da cultura, sendo palco de diversas atividades ligadas à Secretaria de Cultura Artística (Secult-Arte) da Universidade Federal do Ceará (UFC) e aos projetos de ensino, pesquisa e extensão da Universidade. Sempre buscando irradiar seus alcances para a comunidade em geral, o Teatro Universitário tem como missão acolher e criar parcerias com artistas, pesquisadores e grupos locais, nacionais e estrangeiros, no intuito de fortalecer a cena artístico-cultural cearense, estimulando a reflexão crítica, a criatividade e a produção de pensamento. 

O espaço está atento e aberto às diversas possibilidades de ocupação e produção artística contemporânea em artes cênicas. Nele, realizam-se ações em parceria com escolas públicas cearenses, através do projeto Palco de Giz, inaugurado em 2019, que tem como objetivo formar espectadores, produzindo encontros potentes de formação artística e cidadã para além da universidade. Além disso, o Teatro Universitário oferece uma programação diversificada e de qualidade, contando com temporadas de espetáculos, shows musicais e apresentações artísticas. 

Articulado aos cursos do Instituto de Cultura e Arte (ICA), o Paschoal dá continuidade à sua história direcionada à formação e criação em arte. Sendo um cenário de fomento e experimentação artístico cultural de ações da Universidade Federal do Ceará e da sociedade, o Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno está sempre de portas abertas para a educação e a cultura. 

Funcionamento do Teatro Universitário:

Segunda à sexta, das 08h às 22h

EQUIPE GESTORA:

Diretora:

Juliana Maria Girão Carvalho Nascimento (Currículo Lattes)

Servidora Técnico-Administrativa em Educação: 

Maria Linekely da Silva Aguiar

Eletricista:

Edmilson Monteiro Pereira

Iluminadores:

Álvaro de Alencar Brasil Neto

Wallace Rios

Bolsistas:

Yanka Leandra, Letícia Cacau, Ana Karoline, Vitoria Rodrigues.

Acessar Ir para o topo